News

Executivos experientes trocam múltis por startups

Executivos experientes trocam múltis por startups

Executivos experientes trocam múltis por startups

Especialistas em gestão de carreira apontam os principais motivos que levam os profissionais a preferirem trabalhar em startups

 

Por Adriana Fonseca | Para o Valor, de São Paulo

A profissionalização nos últimos anos das pequenas e médias empresas e o surgimento de um elevado número de startups no país, que chegam ao mercado com produtos e serviços inovadores e conquistam uma soma relevante de aportes de capital, estão ampliando o leque de possibilidades dos executivos.

De acordo com especialistas em gestão de carreira, embora esse mercado ainda seja pouco explorado pelos profissionais, trocar multinacionais por equipes de negócios menores tem se tornado mais comum.

A mudança pode ser interessante, por exemplo, para uma pessoa que já vem de uma trajetória em uma grande organização e quer acelerar a carreira verticalmente subindo na hierarquia.

Ir para uma pequena ou média empresa também é um movimento indicado para quem quer atuar mais com gestão, aumentar o escopo de atuação e desenvolver-se mais perto da liderança, o que atrai profissionais com perfil mais empreendedor.

A mudança pode ser motivada também por uma identificação com a causa da empresa, do produto ou serviço ofertado por ela, ou ainda por conta do momento pessoal do profissional.

Além da disponibilidade de abrir mão de um salário polpudo, trabalhar em uma pequena empresa requer autoconhecimento.

A passagem por uma pequena ou média empresa, além de trazer benefícios para o desenvolvimento profissional, também é bem vista pelo mercado.

Fonte: Revista Valor Econômico

Publicado em News